Empreendedorismo materno: por que consumir de mães

Empreendedorismo materno: por que consumir de mães

Diretora executiva da Maternativa, Vivian Abukater, falou em live especial da PROTESTE sobre pequenos negócios conduzidos por mães

Articulista da Revista PROTESTE de maio, a diretora executiva da startup Maternativa, que reúne 25 mil mulheres empreendedoras, Vivian Abukater, participou da live Tête-à-Tête com a PROTESTE no dia 8 de maio, véspera do dia das mães, para falar sobre a importância dos pequenos empreendimentos, especialmente aqueles conduzidos por mães, ou seja, negócios focados no empreendedorismo materno.

As mulheres estão à frente dos mais diversos tipos de negócio. Assim, qualquer consumidor que necessite de um produto diverso consegue encontrar uma mãe empreendedora para fornecer.

Principais provedoras de renda em 45% das casas brasileiras, muitas mulheres encontram as portas do mercado fechadas depois que se tornam mães. No bate-papo no Facebook @protestebrasil, Vivian fez um convite aos seguidores para direcionar o consumo aos produtos e serviços oferecidos por mulheres-mães e, com isso, ajudar a minimizar os impactos da crise econômica advinda com a pandemia.

“As mulheres estão à frente dos mais diversos tipos de negócio. Assim, qualquer consumidor que necessite de um produto diverso consegue encontrar uma mãe empreendedora para fornecer”, destacou Vivian, que, antes de se tornar sócia da startup, foi membro do grupo, que reune mais de 25 mil mulheres.

A Maternativa é uma rede colaborativa de apoio às mulheres que são mães e que desejam desenvolver os seus negócios. Além disso, a rede presta consultorias a empresas sobre equidade e gênero, para transformar a relação entre maternidade e trabalho.

Se você aposta no empreendedorismo materno, confira como promover o seu negócio

Além de cumprir as obrigações mínimas, como qualidade dos produtos, bom atendimento e seriedade nas entregas, bem como recolher todos os tributos necessários para a operação, Vivian lista algumas dicas para garantir o destaque de seu empreendimento:

  • ajude outras mães. Se você precisa comprar algo, procure apoiar outras mulheres em situação semelhante, que precisam de renda. É possível direcionar o dinheiro para outras mães empreendedoras e contribuir para o aumento de renda dessas pessoas e de suas famílias;
  • mantenha a qualidade de seus produtos e procure direcionar as pessoas para compras conscientes;
  • desenvolva habilidades de marketing digital e comunicação, para divulgar seus produtos (a Maternativa oferece cursos específicos para isso, além de todo o apoio à mãe empreendedora);
  • participe do grupo Maternativa no Facebook, troque experiências com outras mulheres empreendedoras e divulgue o seu negócio ou produto;
  • anuncie na plataforma Compre das Mães, da Maternativa. O pagamento anual dá direito à participação em cursos e eventos promovidos pela startup.

Além de todas essas dicas, é importante profissionalizar o negócio, oferecendo maior segurança aos seus consumidores.

empreendedorismo materno
Saiba como se destacar no empreendedorismo alimentar

Uma opção escolhida por muitas mulheres é a área de alimentação — que inclui não apenas os produtos para o dia a dia, mas também alimentos para ocasiões específicas, produção de doces para festas e eventos, itens para eventos especiais, como chocolates finos para presentes, entre outros. Em tais casos, é fundamental ter atenção também à segurança alimentar.

Além disso, em tempos de pandemia, vale ter atenção às regras de manipulação de alimentos e segurança nas entregas. O curso Você Chef: da Cozinha ao Lucro, da PROTESTE, é um dos caminhos para a profissionalização de mães que desejam empreender no setor de alimentação.

Quer saber mais? Entre no link acima e saiba como prestar o melhor serviço na área de alimentação!

Quer saber como empreender na área de alimentos?

Quero ler o E-book