Obesidade infantil já é considerada uma epidemia global

Obesidade infantil já é considerada uma epidemia global

Alguns dos motivos para esse cenário são as dietas inadequadas e falta de atividade física; saiba como sair desse quadro e fazer os pequenos se mexerem

A obesidade infantil já é tratada como epidemia global, segundo a Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PENSE), que é realizada pelo Instituto da Pesquisa Nacional de Saúde (IBGE), junto com o Ministério da Saúde. Alguns dos motivos para esse cenário são as dietas inadequadas e falta de atividade física. Outros fatores como diabetes, hipertensão e colesterol alto também podem contribuir para a obesidade infantil.

Além disso, o fato da criança passar muitas horas diante da televisão também pode ser prejudicial. A Academia Americana de Pediatria recomenda que esse tempo seja de apenas uma hora por dia para crianças. A regra vale para ambos os sexos, na faixa etária de 2 a 5 anos.

Exercícios

Como exercitar crianças nessa faixa de idade? De acordo com o portal do preparador físico Marcio Atalla, o exemplo deve começar pelos pais. Isso vale não só em relação à prática de exercício, mas também para hábitos de uma alimentação balanceada e saudável.

Em primeiro lugar, os pais devem se conscientizar que não devem passar tantas horas diante da televisão ou celular. Além de evitar, não devem permitir que os filhos criem esse hábito.

A sugestão é optar por programas prazerosos, como caminhar em parques e praças ao lado dos filhos. Além disso, os pais podem aproveitar o tempo para ensinar atividades aos pequenos. Os passeios podem ser uma oportunidade para andar de bicicleta, jogar bola e resgatar atividades do tempo de criança, como pular amarelinha e brincar de esconde-esconde.

Brincar com outras crianças em locais de lazer também pode ser uma maneira de manter a obesidade distante da vida dos pequenos. É importante, desde cedo, desenvolver nas crianças a conscientização que a atividade física é um momento de prazer e de diversão, e não uma obrigação.

Continue no blog MinhaSaúde para mais temas sobre bem-estar e saúde. Acesse o site da PROTESTE e conheça nossos serviços.