Máscara caseira: confira como produzir a sua

Máscara caseira: confira como produzir a sua

Desde o início de abril, o Ministério da Saúde passou a indicar a máscara caseira como uma estratégia eficaz para a proteção contra o coronavírus; saiba como fazer a sua!

Quando os primeiros casos da Covid-19 surgiram no país, o uso de máscara caseira foi contraindicado para a população geral. A Organização Mundial de Saúde (OMS) e o Ministério da Saúde alegavam, na ocasião, que a utilização irregular representava um risco, porque poderia expor a população ao coronavírus, especialmente no caso de contato com pessoas assintomáticas.

No entanto, no dia 1º de abril, com o agravamento da pandemia, o então ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, declarou que as máscaras alternativas são eficientes, desde que sejam confeccionadas de maneira adequada e usadas da forma correta. O próprio Ministério da Saúde divulgou uma Nota Técnica ensinando como fazer a máscara caseira. Inclusive diversos municípios determinaram a obrigatoriedade no uso do acessório.

A máscara caseira é eficiente?

Se for produzida e utilizada de maneira adequada, a máscara caseira se transforma em uma barreira física eficiente. Para tanto, é necessário seguir as recomendações:

  • a máscara precisa ter, pelo menos, duas camadas de pano (que pode ser algodão, TNT, tricoline, entre outros). Você pode utilizar qualquer tecido que tiver em casa, como uma camiseta antiga;
  • é necessário que ela cubra totalmente a boca e o nariz, permanecendo bem ajustada ao rosto (sem espaços nas laterais);
  • o seu uso é individual, ou seja, ela não deve ser compartilhada com outras pessoas, mesmo que sejam membros da mesma família.

Quais os cuidados para manter a segurança?

Além de confeccionar a sua máscara de acordo com as especificações, é fundamental observar alguns cuidados para que realmente ela seja eficaz:

  • enquanto estiver utilizando a máscara, evite tocá-la, principalmente na parte da frente;
  • ao chegar em casa, antes de retirar a máscara, higienize as mãos. Depois, retire-a pelas laterais (elásticos), sem tocar no tecido de proteção;
  • a higienização deve ser feita com a imersão da máscara em uma solução de água e água sanitária a 2 ou 2,5%, por cerca de 20 minutos. Depois disso, é preciso lavá-la. Só volte a utilizá-la depois de completamente seca;
  • na rua, a máscara deve ser trocada a cada duas horas ou sempre que ficar úmida. Por essa razão, ao sair de casa, leve outra com você, acondicionada em uma embalagem limpa;
  • não se esqueça de embalar a máscara usada adequadamente, em um saco plástico, para que não contamine outros objetos em sua bolsa (ou bolso). 

Como fazer uma máscara caseira?

Como explicamos, é necessário usar um tecido grosso, com duas camadas, que realmente proporcione uma barreira física. A PROTESTE preparou um vídeo exclusivo, ensinando o passo a passo para fabricar a sua própria máscara caseira, confira a seguir.

View this post on Instagram

A máscara se tornou um item muito importante para evitar a contaminação do coronavírus e o Ministério da Saúde recomenda o uso, caso haja necessidade de sair de casa. A correria na busca por uma foi muito grande e muitos não conseguem mais achar, por isso, foi liberada a confecção em casa. Quer aprender a fazer um modelo caseiro super rápido e fácil? Nossa especialista, da área da saúde, Bárbara Guerra fez um tutorial bem bacana pra te ajudar a montar a sua e aprender como usar corretamente. Aperte o play e confira! #Proteste #Coronavirus #mask4all #mascaradetecido #facavocemesmo

A post shared by PROTESTE Brasil (@protestebrasil) on

Além do uso da máscara, é essencial adotar outros cuidados de higiene e prevenção. Acompanhe todas as dicas na cobertura especial da PROTESTE e confira, também, quais são os seus direitos durante a pandemia. 

Para mais informações, acesse o especial coronavírus.

Saiba mais