Startup está criando tratamento para prevenir infecção urinária

Startup está criando tratamento para prevenir infecção urinária

Proposta está sendo desenvolvida pela LUCA Biologics, uma instituição criada com o objetivo de resolver problemas de saúde das mulheres. 

Uma empresa com foco no tratamento de infecção urinária. Essa é a proposta da LUCA Biologics, uma instituição criada com o objetivo de resolver problemas de saúde das mulheres. A doença é mais comum entre elas, principalmente em gestantes. Nos Estados Unidos, onde a companhia está localizada, cerca de 10 milhões de mulheres têm o problema todos os anos.

A startup foi desenvolvida por Luba Greenwood, que fez sua carreira na indústria farmacêutica e trabalhou em gigantes como Roche e Pfizer e também na Verily, uma startup do Google voltada para a criação de produtos e serviços que curem doenças. Após anos de experiência, Luba decidiu virar empreendedora. Junto a Jacques Ravel, um pesquisador especialista no microbioma vaginal, ela abriu a LUCA Biologics.

Desse modo, a companhia vai unir a expertise dos dois empreendedores e espera desenvolver tratamentos mais eficazes. “Inovação na saúde feminina é nossa missão”, afirmou Luba.

Inovação na saúde feminina é nossa missão

Atualmente, existem apenas tratamentos para combater o problema após a infecção, por meio de antibióticos que podem não surtir o efeito necessário. Além disso, esse tipo de remédio pode sobrecarregar o fígado e enfraquecer o sistema imunológico.

Por isso, a meta da LUCA é criar um tratamento preventivo para a infecção. A ideia é desenvolver um medicamento que manteria estável a quantidade de bactérias do microbioma vaginal. Com isso, impediria a proliferação desenfreada dos micro-organismos.

Para desenvolver o produto, a LUCA pretende fazer os primeiros testes da terapia experimental em mulheres que têm infecções repetidas vezes. Com um investimento de US$ 2,8 milhões, o equivalente a R$ 11,6 milhões, a startup espera começar os testes ainda este ano.

Projetos para a saúde vão além da infecção urinária

A LUCA também tem planos para desenvolver outras drogas que solucionem problemas como a infertilidade. Esses produtos seriam supositórios vaginais.

No entanto, assim como ocorre com qualquer medicamento nos Estados Unidos, as novidades da LUCA terão que passar por uma série de testes e se enquadrar na legislação da FDA, a agência de saúde norte-americana.

Xiii, recebeu um produto com defeito? Pior, não entregaram até agora aquilo que você comprou? Pare de se estressar com problemas assim. Adquira nosso Serviço de Defesa do Consumidor. Nós podemos resolver para você! Experimente por R$1,99 no primeiro mês. Após, apenas R$24,90 por mês.