Dieta para hipertensos: saiba o que evitar

Dieta para hipertensos: saiba o que evitar

Veja como manter uma vida mais saudável

Além disso, também é necessário manter um estilo de vida saudável, evitando o tabagismo e praticando exercícios físicos regularmente.

Confira abaixo algumas dicas para adequar sua dieta:

Sal

O sal age como uma esponja, retendo líquidos nos tecidos e aumentando a pressão arterial. Por isso, não exagere. A Organização Mundial da Saúde recomenda o consumo de três a quatro gramas de sal por dia, quantidade que já existe nos próprios alimentos.

Para evitar o excesso desse condimento na alimentação, siga as seguintes dicas:

  • Substitua o sal por temperos naturais como ervas, salsinha, cebola, orégano, hortelã, limão, alho, manjericão, coentro e cominho.
  • Retire o saleiro da mesa.
  • Evite carnes gordurosas, principalmente embutidos (linguiça, paio, salsicha, toicinho defumado).
  • Evite conservas como picles, azeitona, patês e palmito e enlatados como extrato de tomate, milho e ervilha.
  • Evite carnes artificialmente salgadas como bacalhau, charque, carne-seca e defumados.
  • Evite o aditivo glutamato monossódico, utilizado em alguns condimentos e em muitos produtos industrializados.
  • Dê preferência aos queijo brancos como ricota e cottage nas versões sem sal.

Gorduras

As gorduras formam placas que diminuem o diâmetro dos vasos sanguíneos, o que eleva a pressão arterial. No entanto, nem todos os lipídeos são prejudiciais. Veja quais são eles e onde encontrá-los:

Boas Más
Ácidos graxos monoinsaturados– Encontrados no azeite, óleo de canola, azeitonas, frutas oleaginosas e abacate. Saturadas– gordura animal (carnes gordurosas, leite integral e derivados) e alguns óleos vegetais (dendê e coco).
Ômega-3– óleos de peixes de águas frias e profundas como o salmão, atum e sardinhas. Trans– alimentos industrializados (margarinas, biscoitos, bolos, pães, pastéis, batataschipse sorvetes cremosos) e gordura vegetal hidrogenada
Ômega-6– óleos vegetais, como o de milho

Para obter uma dieta balanceada com lipídeos, siga as dicas abaixo:

  1. Prefira peixes, frango sem pele ou carnes magras. Prepare-os grelhados ou assados.
  2. Evite carnes gordurosas, vísceras (fígado, coração, rins) e embutidos (lingüiça, paio, salsicha, toicinho defumado).
  3. Prefira leite desnatado, iogurte desnatado e queijos com pouca gordura, como os branco.
  4. Evite leite integral, creme de leite, manteiga, margarina, iogurte integral, queijos cremosos e maioneses.
  5. Modere o consumo de ovos.
  6. Evite frituras.
  7. Prefira pães com pouca gordura, como a maioria dos pães e cereais integrais (aveia, trigo, farelo), massas sem gema de ovo, ervilha, feijão, grão-de-bico, lentilha, batata cozida ou assada simples, arroz e mandioca.
  8. Evite açúcar e doces.
  9. Use óleos vegetais (girassol, milho, soja, canola, azeite de oliva

Potássio

É uma fonte mineral cujas propriedades têm efeitos favoráveis em relação à redução da pressão e na prevenção da hipertensão arterial. Ele é encontrado principalmente em frutas, legumes e vegetais de cor verde-escura.

Álcool

Acredita-se que o consumo de quantidades moderadas de álcool tenha efeito protetor nas doenças do coração. No entanto, o consumo de mais de dois drinques diários vem sendo relacionado a inúmeros efeitos adversos relacionados às doenças cardiovasculares.

Sendo assim, siga algumas dicas sobre o consumo de bebida alcoólica:

  1. Preferencialmente, deve-se evitar ingerir bebidas alcoólicas, porém seu consumo em pequena quantidade é permitido. Mulheres podem tomar um drinque diário e homens dois. Um drinque corresponde a uma lata de cerveja ou um copo de vinho (120ml).
  2. Cuidado com a dieta: uma garrafa de cerveja de 600 ml tem 300 calorias; um copo de vinho, 100 calorias; e uma dose de uísque, pinga ou conhaque, 120 calorias.
  3. As bebidas alcoólicas, em grande quantidade, potencializam os efeitos de alguns medicamentos que regulam a pressão arterial, por vezes reduzindo-a exageradamente.

Xiii, recebeu um produto com defeito? Pior, não entregaram até agora aquilo que você comprou? Pare de se estressar com problemas assim. Adquira nosso Serviço de Defesa do Consumidor. Nós podemos resolver para você! Experimente por R$1,99 no primeiro mês. Após, apenas R$24,90 por mês.