Como a TV influencia a alimentação das crianças

Como a TV influencia a alimentação das crianças

Diariamente, as crianças veem na TV entre 10 e 13 anúncios que promovem algum tipo de comida ou bebida

Você sabia que a televisão pode ter muita influência sobre a alimentação das crianças? Isso acontece porque, diariamente, as crianças veem na TV entre 10 e 13 anúncios que promovem algum tipo de comida ou bebida. De acordo com pesquisas sobre o tema, as crianças são facilmente influenciadas a escolher os alimentos que veem anunciados.

Por isso, é preciso ter cautela. Alguns dos alimentos mostrados nos comerciais não são nada nutritivos, além de não contribuem para o crescimento e desenvolvimento. Muitos eles são ricos em gorduras sólidas, açúcares adicionados, sódio e calorias. Muitas vezes carecem de vitaminas, minerais e fibras alimentares. 

Como evitar as tentações da TV e mehorar a alimentação das crianças? Veja algumas dicas que podem ajudar:

  • Evite assistir TV enquanto come. Faça um acordo com todos os membros da família para não assistirem TV (ou usar outros dispositivos eletrônicos) durante as refeições.
  • Tentem comer juntos regularmente, sem distrações. Isso também ajuda a promover uma alimentação saudável e o vínculo familiar.
  • Assista a programas infantis sem anúncios. Para isso, considere comprar ou alugar DVDs para crianças. Outra opção é gravar programas para avançar rapidamente nos comerciais. Assistir a programas em emissoras públicas de televisão é outra opção.
  • Passe algum tempo juntos aprendendo sobre alimentos. Tente cultivar um jardim, visitar o mercado de um fazendeiro ou navegar na seção de produtos do supermercado. Desse modo, as crianças mais velhas podem aprender a usar o rótulo e entender as Informações nutricionais. Com isso, vão ajudar na compra de alimentos mais saudáveis.
  • Deixe as crianças ajudarem na cozinha. As crianças pequenas têm vontade de aprender e um desejo genuíno de ajudar. Assim, esse pode um ótimo momento para introduzir a segurança dos alimentos. Elas podem aprender sobre higiene, como manusear os alimentos e atribuir tarefas simples, como arrumar a mesa ou rasgar folhas de alface para uma salada.
  • Defina limites em torno do tempo da tela.  Academia Americana de Pediatria recomenda não mais de uma hora por dia de tempo de tela para crianças de 2 a 5 anos e o uso de um plano de mídia familiar para crianças em idade escolar.
  • Seja um bom exemplo. As crianças aprendem muito simplesmente observando os outros. Como mãe, escolher alimentos e bebidas mais saudáveis, além de limitar o uso de dispositivos eletrônicos, pode ajudar a reforçar os hábitos que você está tentando incentivar em seus filhos.

A PROTESTE oferece aos seus associados um serviço de consultoria nutricional. Nele, é possível obter dicas e orientações gerais sobre como se alimentar melhor.

Xiii, recebeu um produto com defeito? Pior, não entregaram até agora aquilo que você comprou? Pare de se estressar com problemas assim. Adquira nosso Serviço de Defesa do Consumidor. Nós podemos resolver para você! Experimente por R$1,99 no primeiro mês. Após, apenas R$24,90 por mês.