Preço anual de academias no Rio pode ter diferença de 7 vezes

Preço anual de academias no Rio pode ter diferença de 7 vezes

Grandes redes estão dominando o mercado e oferecem preços bastante acessíveis principalmente se a atividade escolhida for musculação

Cada vez mais brasileiros estão recorrendo às academias para melhorar sua saúde e aparência física. Segundo dados da Associação Brasileira de Academias (ACAD Brasil), o país, é o segundo maior mercado de academias no mundo. Em termos de faturamento está em décimo lugar. Mas como qualquer consumo de bens e serviços é preciso pesquisar. Um estudo realizado pela PROTESTE no Rio de Janeiro mostra que a diferença de preço entre academias pode ser de mais de 7 vezes.

Entre as academias avaliadas, a Training Club, localizada na Tijuca, apresentou o menor preço de mensalidade para um plano anual, com R$ 79. Já o maior preço de academia identificado na amostra foi para a Velox, na Lagoa, R$ 449. Ou seja, com uma mensalidade da segunda, é possível pagar cinco da primeira. Em relação ao preço médio de planos com fidelidade, a diferença foi superior a 2 vezes.

Preço de academias tem diferença entre planos semestrais e anuais

Na comparação de planos semestrais, a diferença entre preços mínimos e máximos foi ainda maior. Um plano fidelizado por seis meses chega a custar R$490,00 mensais na Body Tech no Leblon. Em contrapartida, o melhor preço da amostra para um plano de musculação por seis meses foi encontrado no Centro por R$69,00 na academia Biofit localizada na Av. treze de Maio. Ou seja, a diferença entre o preço mínimo e máximo ficou em R$421,00, ou uma variação de 610% ou 7 vezes o valor.

A Zona Sul da Cidade teve os preços mais elevados para a atividade, segundo a pesquisa. O melhor preço foi identificado na Smartfit do Flamengo, no valor de R$99,90 mensais, para o plano anual. Na modalidade semestral, a academia também foi a vencedora, com o mesmo valor de mensalidade. Já a Zona Norte, na Tijuca, foi a que apresentou o menor preço para um plano anual (Training Club) e para o semestral (Smartfit). Na Zona Oeste e no Centro, a rede de academias também foi a campeã em preços baixos.

Preços não são os únicos itens a se avaliar numa academia

No entanto, nem sempre os preços são o componente mais importante ao se avaliar uma academia. A localização, perto de casa ou do trabalho, pode facilitar muito e economizar custos. Além disso, planos fidelizados costumam ser mais em conta do que os sem fidelização. Uma outra dica é matricular-se numa academia onde um parente ou amigo malha, pois pode-se obter descontos. A flexibilidade dos horários e as formas de pagamento também devem ser levadas em conta.

O estudo da PROTESTE confirma que as grandes redes de academias estão dominando o mercado e conseguindo atender melhor o consumidor. Assim, a rede Smartfit desponta como a melhor escolha, considerando acesso, custo e benefício na musculação.

Para quem pode  pagar um pouco mais, a rede Body Tech é uma excelente pedida. Apesar de praticar o preço médio de R$327,00 em suas mensalidades, a academia possui melhores preços em regiões com menor poder aquisitivo. O preço das mensalidades nas academias da rede localizadas nos bairros de Del Castilho e Tanque foram de R$ 261 e R$ 169, respectivamente.

É importante pontuar que os preços em geral seguem uma coerência em termos de localização, serviços adicionais e benefícios extras. O posicionamento dos estabelecimentos também influencia no preço. Por isso, ao realizar uma pesquisa de preços, pesquise pelos menos duas academias dentro do perfil.

Veja o estudo completo!

Ainda não conhece a PROTESTE? Clique aqui e entenda como ajudamos o consumidor a defender seus direitos.