Hábitos alimentares podem contribuir para a prevenção de doenças crônicas não transmissíveis

A alimentação merece atenção por sua importância para a qualidade de vida e saúde. E, é um tema vasto que sofre influências de fatores sociais, culturais e econômicos

Hábitos alimentares podem contribuir para a prevenção de doenças crônicas não transmissíveis

Todos sabem da importância de cultivar hábitos alimentares mais equilibrados. Eles contribuem para a melhoria ou piora da qualidade de vida, vai depender das escolhas feitas no mercado. O fato é que hábitos alimentares inadequados são uma das principais causas do surgimento das doenças crônicas não transmissíveis (DCNTs). 

As DCNTs constituem o principal grupo de causa de morte em todo o mundo, sendo responsáveis por mortes prematuras, perda de qualidade de vida, além de impactos adversos econômicos e sociais. A hipertensão arterial sistêmica (pressão alta), o diabetes, o câncer, as doenças respiratórias crônicas e as doenças cardiovasculares (DCV) representam as principais DCNTs. Apesar de todos os avanços pela medicina, tanto na área da prevenção quanto no tratamento, as DCNTs são responsáveis por cerca de 72% das mortes no Brasil, sendo 30% causadas por doenças cardiovasculares (DCV), 16% por neoplasias e 6% por doenças respiratórias. 

A longo prazo, as escolhas alimentares que fazemos interferem na prevenção ou no aparecimento dessas doenças. Já temos motivos suficientes para repensar nossos hábitos, não acha?

Segundo a última Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF, 2017/ 2018), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o consumo de sanduíches, pizzas, tortas salgadas, biscoitos salgados, e óleos e gorduras pelo brasileiro aumentou nos últimos dez anos. Esses  produtos se destacam pela sua variedade de opções, praticidade e preço, visto que, muitos vêm prontos para o consumo. Todavia, eles são “pobres” em fibras, vitaminas e minerais e podem apresentar um conteúdo elevado de gorduras saturadas, açúcar e sódio em sua composição, aumentando assim o risco para o desenvolvimento e piora dos sintomas relacionados às doenças crônicas não transmissíveis.  

nutri-escolha

Que tal unir essa praticidade com escolhas mais econômicas e equilibradas?

A prevenção e tratamento dessas doenças, bem como a melhora dos hábitos alimentares, são possíveis com a ajuda do Nutri Escolha, funcionalidade do aplicativo Meu Carrefour, desenvolvida pela rede, que tem como objetivo ajudar os consumidores na escolha de  alimentos mais nutritivas e com melhor custo-benefício durante as compras no mercado. Agora ficou mais fácil, não é? Acompanhe o texto para mais dicas que vão melhorar sua relação com a alimentação.

Dica: Chia, aveia e linhaça: conheça os benefícios desse trio

Como melhorar os hábitos alimentares

O hábito alimentar sofre algumas influências, como a cultura, gosto pessoal e questões econômicas. Por isso, precisamos ter consciência do que comemos diariamente. Os gostos e as preferências são formados ao longo da vida, desde a infância. Além disso, eles são transformados com o passar dos anos, o paladar muda e as escolhas também. Antes de falarmos como melhorar os hábitos alimentares, é importante saber como se forma o paladar. E portanto, podemos dizer que a prevenção das DCNTs inicia-se na infância. 

O paladar é um dos cinco sentidos do corpo humano, junto com a audição, visão, olfato e tato. O paladar é responsável por detectar os gostos doce, salgado, azedo, amargo e umami. Ele começa a se formar ainda na barriga da mãe, aproximadamente da 12ª até a 14ª semana de gestação. Os bebês conseguem sentir o gosto do leite materno por causa do líquido amniótico.

A infância é uma das fases mais importantes na formação de hábitos alimentares mais equilibrados. Nessa fase, os pais devem oferecer a maior variedade de alimentos nutritivos possíveis para diversificar o gosto e ampliar as opções de escolhas. Assim, terão mais chances de evitar frases como “não gosto de salada” e “não como verdura”. 

Em cada região do Brasil, e do mundo, a população local tem hábitos alimentares típicos, que são influenciados pelas condições climáticas, história e cultura. Em alguns casos, por causa da geografia e do clima, só é possível plantar ou produzir determinados alimentos. Esses fatores acabam influenciando os costumes de um povo e criando as famosas comidas típicas, como o caso das receitas de milho tão comuns no nordeste brasileiro.

Os fatores socioeconômicos influenciam o poder de compra dos consumidores, limitando as opções de escolhas. O Nutri Escolha está ampliando as possibilidades do consumidor com comparações de produtos do mesmo tipo, com valor nutricional parecido (ou maior) e com preços mais acessíveis. Assim, contribui para o equilíbrio alimentar e economia de seus usuários.

Agora que sabemos como funciona o paladar e quais critérios influenciam nossas escolhas, como melhorá-lo? 

Mudar nossa alimentação não é uma tarefa fácil. Todos os fatores explicados até aqui colaboram para o desenvolvimento de gostos específicos, que muitas vezes não refletem escolhas mais equilibradas. Por isso, o primeiro passo é ter disciplina e consistência. Não será em uma semana que suas preferências vão mudar, mas com foco e determinação as mudanças vão acontecer. Algumas dicas podem ajudar nesse processo:

  • Diminuir alimentos ricos em gorduras saturadas, sal e açúcar;
  • Aumentar o consumo de fibras, gorduras insaturadas, vitaminas e minerais;
  • Provar novos sabores;
  • Comer com calma e atenção.

Por que melhorar os hábitos alimentares?

Hábitos alimentares mais equilibrados podem melhorar a qualidade de vida e prevenir as DCNTs. Caso você frequente uma academia ou pratique algum esporte, já deve ter escutado que a alimentação vai influenciar na sua qualidade de vida. E isso é verdade. 

A diabetes, obesidade, a dislipidemia (colesterol e/ou triglicerídeos altos) e a pressão alta, doenças cardíacas e obesidade podem ser evitadas com escolhas mais conscientes. O consumo exagerado de açúcar e sal podem alterar as taxas e causar doenças que impactam diretamente as atividades do dia a dia. 

De acordo com a Atualização da Diretriz Brasileira de Dislipidemias e Prevenção da Aterosclerose, o LDL-colesterol ≥ 190mg/dL já é um fator de risco cardiovascular alto.

Dica: Iogurte: o que é e quais seus benefícios?

Melhore a alimentação com a PROTESTE e Nutri Escolha

A PROTESTE, maior associação de consumidores da América do Latina, desenvolveu dois cardápios, 1 e 2, com base nos produtos cadastrados no Nutri Escolha. Eles foram montados a partir de critérios que contribuem para uma alimentação equilibrada, especificamente para a prevenção de doenças crônicas não transmissíveis, como a diabetes e hipertensão, e os itens estão disponíveis no aplicativo Meu Carrefour, na função Nutri Escolha.

supermercado-carrefour

Os cardápios abrangem frutas, verduras e produtos integrais, considerados fontes de fibras, vitaminas e minerais. Selecionamos refeições equilibradas e que fornecem os nutrientes necessários para manter o bem-estar.

Cardápio 1

Café da manhã

Torrada integral

Queijo minas

Iogurte desnatado

Morangos

Café

Almoço

Salada de alface, tomate e rabanete

Azeite de oliva extravirgem para temperar

Nhoque de batata doce

Almondegas vegetais com molho sugo

Brócolis no vapor

Lanche da tarde

Pipoca

Água de coco

Jantar

Salada de rúcula com tomate

Azeite de oliva extravirgem para temperar

Abóbora refogada

Frango grelhado

Arroz integral 

Feijão preto

Cardápio 2

Café da manhã

Torrada integral

Creme de ricota

Ovos mexidos

Melão

Café

Almoço

Salada de agrião com cenoura ralada

Abobrinha/Espinafre

Macarrão integral com  atum, milho, ervilha e cenoura ralada

Lanche da tarde

Farelo de aveia

Iogurte desnatado

Tangerina

Jantar

Salada de alface americana e tomate cereja

Sopa de ervilha

Caso você queira escolher os produtos mais baratos e/ou com uma pontuação nutricional mais equilibrada, basta procurar os produtos que compõem a receita pelo site do Carrefour ou pelo app Meu Carrefour dentro da função Nutri Escolha. Você também pode escanear o código de barras do produto em casa ou nas lojas.

E se você já tiver comprado os produtos que irão na receita, anteriormente, você pode usar a Lista de Sugestões Nutri Escolha para te ajudar a fazer as melhores opções para sua próxima compra. Com ela, você compara suas compras recentes feitas no Carrefour e vê alternativas mais baratas e mais equilibradas, mostrando a economia total para a sua próxima compra.

nutri-escolha

*“Imagens meramente ilustrativas. Os preços da ilustração são fictícios, consulte os valores dos produtos em nossas lojas ou site. O percentual de descontos é ilustrativo e varia de acordo com a lista e o perfil de compra de cada cliente. O Nutri Escolha é uma função do APP Meu Carrefour que permite comparar o valor nutricional e preço dos produtos. Baixe gratuitamente o app Meu Carrefour e aproveite mais essa funcionalidade. Para informações consulte o APP”