Protetor solar: por que usar e como escolher?

Protetor solar: por que usar e como escolher?

Alguns fatores podem influenciar na escolha do protetor solar ideal, como o tipo de pele e o tempo de exposição aos raios solares

O uso do protetor solar deve ocorrer durante o ano todo, já que o Brasil possui um clima tropical onde grande parte do ano possui bastante incidência de luz solar. Mas é com a chegada do verão que surge uma maior necessidade em se proteger contra os raios solares, o que inclui o uso de protetor solar, óculos escuros e chapéus.

Essa preocupação ocorre devido aos altos números de câncer de pele e outras doenças que podem surgir devido à exposição prolongada ao sol. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), a cada ano são registrados aproximadamente 185 mil novos casos de câncer de pele, sendo que desse total, 8,4 mil são do tipo agressivo.

banner-reclame

Portanto, saber como se proteger da radiação solar, principalmente no verão, é uma forma de prevenir o envelhecimento precoce da pele, evitar queimaduras e doenças como o câncer de pele. Se você ainda não sabe como se proteger, veja a seguir todas as dicas de como escolher o protetor solar adequado entre as opções disponíveis.

O que é protetor solar?

Protetor solar, ou filtro solar, é um produto que possui em sua composição diversos filtros que podem ser físicos ou químicos. No caso dos filtros físicos, a proteção desse produto ocorre através da camada opaca que é criada sobre a pele com a aplicação. Ela, por sua vez, é responsável por refletir as radiações UVA e UVB, impedindo que atravessem a pele. 

Já no filtro químico, a proteção ocorre com a absorção dos raios UV. Os componentes desse tipo de protetor são capazes de absorver a radiação solar para impedir os danos nocivos da exposição. 

Sendo assim, a funcionalidade do protetor solar é impedir que as radiações penetrem ou sejam absorvidas pela pele. Dessa forma, é possível evitar danos como queimaduras e o envelhecimento celular.

Dica: Como cuidar da pele no verão e evitar danos

Quando usar o protetor solar?

É muito comum que as pessoas se lembrem do uso do protetor solar no verão, quando a exposição ao sol é ainda mais perigosa. Contudo, é importante ressaltar que a utilização desse cosmético deve ocorrer ao longo do ano todo, mesmo no inverno. 

E não é apenas na praia que devemos utilizar o protetor solar, ok? Devemos aplicar o produto sempre que houver exposição prolongada ao sol ou em horários com maior incidência de radiações UVB. Portanto, ao sair para o trabalho, faculdade ou em um piquenique no parque, por exemplo, não se esqueça de proteger a pele contra a radiação solar

Já a frequência da aplicação varia de acordo com cada situação. Na praia, por exemplo, o ideal é reaplicar o protetor cada vez que sair da água ou em um intervalo de 2 horas. Na cidade ou em locais onde a exposição não é elevada, mas ainda presente, a recomendação é reaplicar o produto a cada 3 horas.

Por fim, também é importante se atentar a quantidade ideal de protetor solar. É recomendado aplicar uma colher de chá para cada parte do corpo, dividindo a aplicação da seguinte forma:

  • rosto e pescoço;
  • parte da frente do tronco;
  • parte de trás do tronco;
  • braços;
  • parte da frente das pernas;
  • parte de trás das pernas;
  • pés.

Tipos de protetor solar?

Há muitos tipos de protetor solar no mercado, sendo que cada um apresenta características diferentes. Por isso, é comum que as pessoas tenham dúvidas sobre qual opção escolher. Reunimos os principais tipos para você conhecer cada um deles.

Creme

Esse é o tipo mais comum, é o tradicional protetor solar que possui consistência de creme em diversas cores e com aspecto pastoso. Ele é indicado para todos os tipos de pele, sendo o mais acessível e fácil de encontrar no mercado.

O principal cuidado ao utilizar esse produto é garantir uma aplicação adequada na quantidade necessária e com a cobertura uniforme. O modo de usar segue aquele padrão que já mencionamos, uma colher de chá para cada parte do corpo já é o suficiente, com reaplicação a cada 2 ou 3 horas, dependendo das condições de exposição.

Spray

protetor-solar-spray

O protetor em spray é o queridinho das mamães e papais, já que é muito mais fácil de aplicar nas crianças. Ele é vendido em um frasco aerossol e possui consistência bem fluida, o que permite ser aplicado em jatos rápidos

Esse tipo de filtro solar também é indicado para todas as pessoas, sendo mais procurado para crianças devido a sua fácil aplicação. E os cuidados são os mesmos, garantir uma cobertura uniforme conforme as características da exposição ao sol. 

O modo de usar segue um método diferente, porém, muito mais fácil. Basta mirar a saída do aerossol no local de aplicação, na distância orientada pelo fabricante, e apertar o spray. Pronto, a proteção é feita de forma bem simples. E não esqueça a reaplicação, ok? A cada 2 ou 3 horas também!

Gel

Por fim, outra opção que há no mercado é o protetor solar em gel. Ele é bem parecido com a opção em creme, já que a sua aplicação acontece ao espalhar o produto sobre a pele. Também é importante ter o cuidado de aplicar a quantidade ideal para garantir que todas as áreas expostas sejam protegidas. Por fim, é preciso fazer a reaplicação dentro do período ideal para cada situação.  

Dica: Verão: é preciso cuidado com a intoxicação alimentar

O que é fator de proteção solar (FPS)?

O fator de proteção solar, mais conhecido como FPS, também é uma característica que varia entre os protetores disponíveis no mercado. Contudo, essa é uma questão de grande importância, já que ela define o fator de proteção contra a radiação solar

Os produtos vendidos já possuem o FPS informado no rótulo, mas o que você precisa saber é que cada opção é indicada para uma situação em específico que considera o tempo de exposição, o tipo de pele e as condições do clima. Veja a seguir o que significa cada fator e as indicações.

FPS 15

O FPS 15 tem a proteção mais baixa dentre as opções que existem no mercado. Ele é indicado para peles negras e para situações onde há pouca exposição ao sol. Além disso, é preciso fazer a reaplicação mais vezes, já que sua proteção não é tão prolongada.

FPS 30

O fator de proteção 30 oferece o dobro de tempo de proteção, se comparado à opção anterior, e é indicado para peles negras, morenas e claras. O uso desse FPS é mais comum em adultos.

FPS 50

Esse fator de proteção é indicado para crianças com menos de 12 anos de idade e também para pessoas que já possuem algum tipo de mancha na pele. Além disso, o protetor com FPS 50 pode ser usado por todos os tipos de pele, até mesmo por pessoas com pele muito clara e com sardas. 

FPS 70

A proteção 70, que é encontrada em alguns protetores, é capaz de proteger a pele por mais tempo sem precisar de tantas reaplicações durante a exposição ao sol. É indicado para crianças e pessoas com a pele muito clara. Contudo, pode ser utilizado por todos.

Guia-do-consumidro

Perigos do excesso do sol

A exposição prolongada ao sol sem nenhum tipo de proteção é prejudicial ao nosso organismo. Embora seja recomendado tomar 10 minutos de sol todos os dias, fora dos horários com maior incidência de radiação solar, é importante compreender que os danos causados pela exposição prolongada são cumulativos e podem desencadear diversos problemas, tais como:

  • queimaduras e manchas na pele;
  • aumento do risco de câncer de pele;
  • envelhecimento celular do local exposto ao sol;
  • danos ao DNA que podem contribuir para o crescimento desordenado de células defeituosas;
  • melasmas;
  • queratose;
  • perda da elasticidade da pele;
  • surgimento de rugas;
  • catarata e outras lesões nos olhos.

O que é luz azul e quais são seus perigos?

Se você pensava que era preciso apenas se proteger contra o sol, então temos que te alertar que a luz azul é outra fonte de radiação que pode trazer prejuízos à saúde. A luz artificial está presente em todos os lugares, como lâmpadas e aparelhos eletrônicos que emitem brilho. A exposição prolongada a essa radiação também causa os malefícios que mencionamos no tópico anterior. 

Além do dano para a nossa pele, a luz artificial também é prejudicial para os olhos e para o funcionamento adequado do corpo, já que ela confunde o “relógio biológico” e causa desordem nos processos metabólicos

Como escolher o protetor solar?

Para escolher o protetor solar ideal é importante considerar alguns aspectos importantes. Veja a seguir os critérios de avaliação ao escolher a proteção ideal para você.

Tom de pele 

É importante considerar o tom de pele para escolher o FPS mais adequado. Lembre-se, FPS 15 é indicado para peles negras e a partir do FPS 30 é aconselhado para todos os tons de pele.

Tipo de pele

Outro critério importante é se atentar ao seu tipo de pele. Peles oleosas, por exemplo, devem utilizar protetor solar sem óleo. Já as peles ressecadas precisam de opções que sejam mais hidratantes. 

Alergia

Também é preciso considerar se você possui algum tipo de alergia aos componentes do protetor solar. Nesse caso, leia o rótulo do produto e se possível opte por versões com formulações mais naturais.

Estações do ano

Por fim, outro critério importante é observar a estação do ano em que o protetor será utilizado. No verão, é indicado utilizar um protetor com FPS maior, ok? 

Dica: Por que o câncer da pele é tão comum no Brasil e como você pode se prevenir?

Câncer de pele

Não poderíamos deixar de falar um pouco sobre o câncer de pele, um assunto que merece atenção para a prevenção. Essa é uma doença que surge a partir do crescimento descontrolado e anormal de células da pele. Os tipos de cânceres que afetam o órgão mais comuns são os espinocelulares e os carcinomas basocelulares, que registram aproximadamente 177 mil novos casos todos os anos no Brasil, segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). O melanoma, por outro lado, possui menor incidência, mas é o que apresenta maior letalidade. 

Lembrando que uma das medidas utilizadas para prevenir o câncer de pele é utilizar o protetor solar adequado à exposição ao sol, além de usar outros adereços para reduzir os danos dos raios solares, como chapéus, bonés, óculos escuros e roupas.

Mantenha-se informado com a PROTESTE

Vimos até aqui a importância de utilizar o protetor solar e de escolher o FPS adequado considerando cada situação. Agora convidamos você a conhecer a PROTESTE, a maior associação de consumidores da América Latina. 

Além dos conteúdos que você encontra aqui no blog MinhaSaúde, a PROTESTE oferece testes comparativos de produtos e serviços que auxiliam na escolha das melhores opções com um bom custo-benefício. Os itens avaliados vão desde comidas e eletrônicos até serviços de internet e seguros.

O canal Reclame auxilia na solução de problemas de consumo com a ajuda de especialistas em defesa do consumidor da PROTESTE. Eles acompanham desde o envio da reclamação até a resposta dos fornecedores. Também é possível entrar em contato através do telefone: 4020-7747. 

Visite os blogs SeuDireito e ConectaJá para conteúdos sobre direitos do consumidor e novidades de tecnologia.

Faça sempre as melhores escolhas para a sua saúde e o seu bolso! E se tiver problema de consumo, envie uma reclamação! SAIBA MAIS arrow_right_alt