Como comprar o melhor azeite? Saiba como analisar os rótulos

Como comprar o melhor azeite? Saiba como analisar os rótulos

Nós vamos te ajudar a avaliar a qualidade dos azeites disponíveis nos mercados.

O azeite é um item presente na maioria das casas e que faz parte da alimentação diária de muitas pessoas, seja no cozimento de pratos ou como tempero. São diversos os tipos de azeite disponíveis no mercado. De modo geral, os tipos de azeite são classificados em: extravirgem, virgem, lampante e oliva comum. Mas na hora da compra, você sabe escolher o melhor azeite? Para isso, é preciso estar atento às informações presentes nos rótulos.

Só assim é possível entender qual deles corresponde ao produto que você busca. Nós vamos te ajudar a avaliar a qualidade dos azeites disponíveis nos mercados e escolher a melhor opção.

O que considerar ao ler o rótulo de um azeite?

Data de fabricação

Quanto mais jovem for o azeite, maiores serão as suas propriedades nutricionais. O melhor do azeite, com todos os seus benefícios à saúde, é usufruído no primeiro ano após a sua produção.

Classificação

Os melhores azeites são, de fato, os extravirgens. Segundo a legislação brasileira, os azeites podem ser – de acordo com o processo empregado – classificados nos tipos extravirgem, virgem, lampante ou de oliva comum.

Acidez

Para os azeites extravirgens, a acidez precisa ser menor que 0,8%. Mas atenção, pois nem sempre os produtos com valores de acidez mais baixos apresentam maior qualidade.

Origem do produto

Ao comprar azeites importados de outros países, prefira os que forem produzidos e envasados na origem. É obrigatório que contenham em seus rótulos as informações do local de produção e de envase.

Outras informações

A presença de termos como “óleo composto” ou “tempero misto” indicam que há algum outro óleo (soja, girassol e outro), pois se trata de um óleo composto. O azeite de oliva genuíno é produzido unicamente a partir de azeitonas e por isso podem ser submetidos a temperaturas mais elevadas sem perder totalmente sua qualidade.

Ainda não conhece a PROTESTE? Clique aqui e entenda como ajudamos o consumidor a defender seus direitos.