Ovos de galinha: você não precisa pagar mais caro por eles

Ovos de galinha: você não precisa pagar mais caro por eles

PROTESTE testou e confirmou: ovos de galinha de granja são tão nutritivos quanto os ovos de galinha caipira

Ao chegar a um supermercado, hortifruti ou feira livre é comum notar diversos tipos de ovos de galinha na prateleira: brancos e vermelhos de granja, caipiras, orgânicos, etc. E aquelas pessoas que buscam uma alimentação mais saudável acabam dando preferência aos ovos mais caros, sobretudo os vermelhos caipiras – numa grande rede de supermercados a diferença entre ovos brancos e vermelhos chega a 40%. Mas será que a composição nutricional desses ovos é diferente dos demais tipos?

Conheça a composição nutricional dos ovos e os resultados encontrados nos nossos testes.

A PROTESTE analisou a composição nutricional de lotes de ovos de galinha brancos e vermelhos de granja e de ovos vermelhos caipira, ambos do tipo grande categoria A, disponíveis no mercado. E o resultado surpreendeu! Muitas pessoas compram ovos vermelhos caipiras achando que vão consumir mais nutrientes do que se estivessem comprando ovos de granja. O teste, contudo, não encontrou diferença significativa entre eles. Em alguns casos, a quantidade de nutrientes foi menor nos ovos caipiras.

ovos caipira
Por exemplo, os ovos caipiras apresentaram uma quantidade maior de vitaminas A, D, B8 (colina), cálcio e ferro, mas em relação a outros (vitamina E, vitamina B12, potássio, gorduras saturada, mono e poliinsaturadas), os ovos de granja tiveram maiores concentrações. 

Ou seja, independente de serem ovos de granja ou caipira o fato é que ambos são nutritivos e apresentaram as concentrações esperadas dos nutrientes. Portanto, o consumidor não precisa pagar mais caro por ovos de galinha caipira em busca de uma alimentação mais saudável. “Há quem prefira os ovos vermelhos pelo sabor, mas se a escolha for em relação aos nutrientes, pode-se optar pelos ovos brancos tranquilamente”, afirma a especialista em Nutrição da PROTESTE, Fernanda Taveira. 

A PROTESTE avaliou também um lote de ovo de galinha vermelho de granja tipo grande Categoria A enriquecido com ômega 3, vitamina E e selênio. O único nutriente que de fato mereceu destaque foi a vitamina E (200 µg). Já as concentrações do ômega 3 e do selênio deste lote foram semelhantes aos ovos vermelhos de granja não enriquecidos. Ou seja, o consumidor que paga mais por um ovo enriquecido por esses nutrientes, na verdade está levando apenas vitamina E a mais do que em ovos não enriquecidos. 

Importância dos ovos de galinha para a saúde

E qual é a importância dos ovos de galinha para a nossa saúde? As vitaminas e os minerais presentes nos ovos auxiliam em uma série de funções do organismo, como o fortalecimento do sistema imunológico, redução dos níveis de homocisteína – um importante marcador da saúde do coração, redução do envelhecimento precoce, crescimento infantil e até mesmo na transmissão de impulsos nervosos. A vitamina B8 (colina), por exemplo, auxilia na melhora do foco, concentração e memória. E o teste verificou que tanto ovos de granja brancos quanto os vermelhos, possuem esse nutriente em boas concentrações. 

ovos de galinha
Além disso, as gorduras presentes nos ovos, quando consumidas em quantidades adequadas, participam da produção de hormônios e do transporte das vitaminas A, D, E e K. No nosso teste, os ovos de granja ( 2,25%) apresentaram um pouco mais de gorduras saturadas do que os ovos caipira (1,20%). Segundo a Organização Mundial de Saúde, um adulto pode consumir diariamente até 10% das calorias em forma de gordura. Portanto, se o seu consumo estiver dentro desta recomendação, não há problemas em consumir ovos. Pelo contrário, em nosso estudo verificamos também a presença de gorduras mono e poliinsaturadas, essenciais para a saúde do coração.

+Leia também:
– Ovos em alta: tudo o que você precisa saber sobre eles
– Trocar carne por ovos traz economia e garante nutrientes
– Confira 8 benefícios de comer ovos para a sua saúde

Quando se fala em ovos, não podemos também deixar de falar em proteínas – fundamentais para a manutenção de funções vitais do organismo. As proteínas dos ovos de galinha são de alta qualidade e a maior parte encontra-se disponível na clara. Sabe-se que as proteínas são formadas por aminoácidos e os ovos de galinha possuem todos os aminoácidos essenciais, ou seja, aqueles que o corpo não produz e precisam ser consumidos na alimentação. 

Dentre os aminoácidos essenciais presentes nos ovos de galinha, destacam-se de cadeia ramificada (isoleucina, leucina e valina), popularmente conhecidos como BCAA (Branch Chain Amino Acids). Esses aminoácidos são os queridinhos dos suplementos, especialmente por quem pratica atividade física e até mesmo pelos idosos. Isso porque o BCAA estimula o ganho de massa magra, evita fadiga muscular e auxilia na recuperação após o treino.  Além disso, melhora o processo de cicatrização e fortalece a imunidade. Em média, os ovos de galinha de granja (vermelhos e brancos) apresentaram mais BCAA (121µg) do que os ovos caipiras (69µg) – considerando 2 ovos de galinha tipo grande (55g cada).  

Agora que você já sabe que não precisa pagar mais por ovos vermelhos de granja ou caipiras, conheça o e-book Receitas Práticas, disponível na loja da PROTESTE, e prepare deliciosos pratos com ovos de galinha.

Aprenda receitas práticas que garantem uma alimentação saudável!

GARANTA AGORA SEU E-BOOK arrow_right_alt