Como conservar os alimentos corretamente?

Consumidores utilizam APP para economizar no supermercado e melhorar hábitos de consumo

Como conservar os alimentos corretamente?

Para aproveitar as economias e facilidades no supermercado, o consumidor precisa ficar atento à qualidade dos alimentos consumidos. A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) alerta que as bactérias contidas em alimentos estragados são responsáveis por 83,5% dos casos de intoxicação alimentar. A instituição também explica que os produtos perecíveis são mais fáceis de estragar, como os ovos, leite, carnes e sobremesas. E os sintomas mais comuns são diarréia, febre e vômito. Por isso, saber como conservar os alimentos é importante.

Contudo, o consumidor ganhou uma aliada: a tecnologia. Os avanços tecnológicos das últimas décadas facilitaram a vida de muitas pessoas ao redor do mundo. Os celulares que apenas faziam ligações, agora possuem diversas funcionalidades que auxiliam desde o transporte até a compra de alimentos no mercado, como é o caso do Nutri Escolha.

A ferramenta do APP Meu Carrefour auxilia na hora das suas compras pois, além de fornecer o seu histórico de compras dos últimos 180 dias, sugere produtos similares, mais baratos e com o mesmo valor nutricional ou melhor, de acordo com suas escolhas.

Apesar dessas facilidades, devemos manter os cuidados com a escolha dos produtos, transporte, armazenamento e preparo. Ficou curioso? Confira nossas dicas de como conservar os alimentos e evite o desperdício.    

Dica: 7 dicas para melhorar o bem-estar físico e mental

Cuidados alimentares

Além de escolher alimentos próprios para consumo e dentro da data de validade, o consumidor precisa transportar, armazenar e preparar os produtos da forma correta. Já que a contaminação pode acontecer em qualquer uma dessas etapas, além disso, alguns alimentos precisam de condicionamento especial.

As opções consumidas cruas, sem cozimento, precisam ser bem higienizadas e armazenadas. Uma vez que não passarão pelo processo de fervura, responsável por eliminar os microorganismos presentes nos alimentos e que causam a intoxicação alimentar. Separamos algumas dicas de como conservar os alimentos, confira.

Dicas de conservação de alimentos

Separamos algumas dicas que vão te ajudar a evitar que os alimentos estraguem. Acompanhe.

Higienize a geladeira

O eletrodoméstico é responsável por conservar muitos alimentos, mas também é um espaço propício para a proliferação de fungos e bactérias. Geralmente, a geladeira é utilizada para guardar restos de comida e armazenar alimentos que precisam de refrigeração. Porém, o respingo de leite, o resto do almoço que cai nas prateleiras e recipientes abertos podem criar um ambiente ideal para a contaminação cruzada. Além de interferir na qualidade do ar da geladeira.

Além de avaliar bem quais itens colocar no eletrodoméstico, recomendamos que ele seja higienizado regularmente para evitar que sujeiras atraiam substâncias indesejadas. É preciso retirar os restos de alimentos que caem na parte interna e higienizar bem o espaço.

Lave as frutas e verduras

Muitas pessoas tocam nas frutas e verduras que ficam expostas nos supermercados e nas feiras, por isso elas precisam ser lavadas e armazenadas da forma correta. Além disso, elas podem ser contaminadas durante o transporte até chegar na residência do consumidor.

Antes de armazenar, lave-as em água corrente para remover as sujeiras e depois as deixe de molho em uma solução de uma colher de sopa de água sanitária para um litro de água. Em seguida, enxágue na água filtrada para retirar todo o produto. 

nutri-escolha

Separe os itens de alimentação e higiene

Você já reparou que os caixas de supermercados colocam os alimentos e os produtos de higiene em sacolas diferentes? Isso não é por acaso. A proximidade desses itens pode causar contaminação, principalmente com o aroma. Os desinfetantes e sabonetes têm cheiro forte que pode ser transferido para o arroz, feijão, frutas e verduras. Além disso, produtos de limpeza, como detergente e sabão em pó, podem vazar em cima do seu alimento sem você perceber.

Os cuidados tomados pelos funcionários dos supermercados devem ser estendidos para dentro de casa. Ao transportar os produtos, coloque-os em lugares diferentes e respeite o peso e fragilidade para evitar avarias. 

Já no armazenamento, organize para que eles não fiquem próximos e, de preferência, armazene os líquidos na parte de baixo dos armários para evitar que eles tombem e respinguem, contaminando outros produtos.

Evite deixar os alimentos descobertos 

Apesar de comum, colocar os alimentos em lugares descobertos pode representar um perigo para a saúde, já que eles ficam expostos à contaminação biológica por parte de insetos como moscas e baratas. Porém, algumas ações podem ser tomadas para evitar esse tipo de problema.

Algumas fruteiras já vêm com uma proteção para evitar a contaminação, e o consumidor também pode reduzir os riscos mantendo a cozinha sempre limpa e higienizada. Também aconselhamos lavar o alimento antes de consumi-lo, mesmo que ele já tenha sido lavado quando armazenado. 

Vale destacar que esses insetos costumam aparecer em ambientes sujos, já que são atraídos pelo cheiro da comida e resto de alimentos espalhados no chão. Por isso, é importante manter o ambiente limpo.

Essa dica também serve para todos os alimentos que armazenamos na geladeira e no freezer. Nunca deixe os itens abertos, pois a exposição deles favorece sua contaminação.

Dica: Entenda o que é desnutrição e a importância do diagnóstico

Cuidado com os alimentos refrigerados

Alguns alimentos precisam ser armazenados na geladeira ou no congelador para não estragarem, como é o caso dos derivados de leite e das carnes. Por exemplo, o iogurte estraga quando não está em um ambiente refrigerado. E se consumido de forma irregular, pode causar problemas como a diarréia e intoxicação alimentar.

Os riscos aumentam quando a deterioração do alimento não é visível e o consumidor não consegue identificar a qualidade do produto. Ou seja, ele pode estar contaminado sem mesmo apresentar alterações na cor, sabor ou odor.

Carnes mal armazenadas também podem causar intoxicação alimentar, já que elas ficam mais propícias ao surgimento de bactérias e microorganismos prejudiciais à saúde. 

Evite preparar refeições para muitos dias

Muitas famílias preparam as refeições em grande quantidade para não precisar cozinhar todos os dias, mas esse hábito precisa de alguns cuidados. A sobra do almoço precisa ser armazenada dentro da geladeira para evitar a proliferação de bactérias, preferencialmente em vasilhas diferentes para evitar a contaminação cruzada. 

Além disso, logo após as refeições, as comidas precisam ser guardadas em recipientes tampados na geladeira, evitando deixá-las por muito tempo fora da refrigeração. Lembre-se: quanto mais tempo fora da geladeira, mais rápido ela se deteriora. Evite esquentar toda a comida sempre que for fazer uma refeição, coloque apenas a porção desejada no prato.

Economize no mercado com o Nutri Escolha 

Aproveite as dicas e baixe o APP Meu Carrefour. A nova funcionalidade, o Nutri Escolha, oferece grandes vantagens aos usuários com recomendações de produtos mais baratos para economizar na ida ao mercado.

supermercado-carrefour

O histórico de compras disponibiliza sugestões de produtos semelhantes àqueles comprados nos últimos 180 dias. Ao clicar no item, a ferramenta ainda mostra mais opções baratas e com o mesmo valor nutricional ou maior. Além disso, o APP Meu Carrefour oferece cupons com descontos exclusivos, e as compras realizadas no Carrefour viram moedas que podem ser trocadas por produtos ou serviços.

O valor nutricional é avaliado com uma das cinco pontuações, A, B, C, D e E. A ferramenta tem como base 100 g ou ml do produto selecionado. A pontuação A significa que o item tem um perfil nutricional equilibrado, já a E significa que ele precisa ser consumido com moderação. 

Ficou curioso? Clique aqui, saiba mais sobre o APP e aproveite as vantagens.

Mantenha-se informado com a PROTESTE

Curtiu nossas dicas de como conservar os alimentos? A PROTESTE, maior associação de consumidores da América Latina, explica as principais dúvidas sobre alimentação, saúde e bem-estar.

Nossa equipe, formada por especialistas das diversas áreas, contribue para  a conscientização dos consumidores a fim de melhorar as relações de consumo e a qualidade de vida dos brasileiros.

Acompanhe o MinhaSaúde e fique por dentro das novidades sobre o tema. Saiba mais sobre tecnologia no ConectaJá, e direito do consumidor no SeuDireito.