Como ajudar uma criança com obesidade e sobrepeso

Como ajudar uma criança com obesidade e sobrepeso

Ajudar uma criança com obesidade e sobrepeso requer abordagens que fogem do senso comum, veja como fazer

Ajudar uma criança com obesidade e sobrepeso requer algumas abordagens que fogem do senso comum. Atitudes como reforçar constantemente a necessidade de emagrecer o sentir vergonha do próprio corpo podem ser muito danosas.

De acordo com a psicóloga e diretora do Centro Rudd de Política Alimentar e Obesidade, Marlene Schwartz, é um erro tecer comentários negativos sobre o peso da criança. Não há evidências que isso funcione. “De fato, há evidências de que isso causa danos”, explica Marlene.

Estudos mostram que crianças sujeitas a provocações baseadas no peso acabam engordando mais do que outras. E outras táticas ainda menos duras também podem sair pela culatra. Como aconselhar seu filho a perder peso ou incentivá-lo a fazer uma dieta. Os médicos reforçam que essas medidas podem causar danos físicos e psicológicos duradouros.

Ainda assim, os pais podem ajudar as crianças com sobrepeso ou obesidade a comer mais saudavelmente, permanecer ativas e manter atitudes positivas sobre o corpo.

Como lidar com o sobrepeso e obesidade

Primeiro, não provoque e tente impedir as provocações dos outros. Os pais podem ir além disso, observando o que os parentes dizem aos filhos.

Segundo, promova uma auto-imagem positiva, ao invés de se concentrar no peso. Ajude seu filho a se sentir confortável em seu corpo, independentemente do tamanho. Por exemplo, se você vai comprar roupas com seu filho, não faça comentários, como ‘Isso faz você parecer mais magro’ ou ‘Isso é muito apertado. Concentre-se em encontrar roupas com as quais a criança se sinta confortável. E seja generoso com seus elogios quando encontrar uma roupa.

Terceiro, não coloque seu filho para fazer dietas restritivas. Ao invés disso, observe os hábitos alimentares da família. Todos devem comer saudavelmente sempre. Preferencialmente, todos na casa devem comer os mesmos alimentos. Sempre contendo frutas e vegetais.

+Leia também: Excesso de aparelhos eletrônicos contribui para a obesidade infantil

Comportamento saudável contra a obesidade

Também é importante estar ciente de que maioria dos pais internalizou a visão de uma cultura e atitudes negativas sobre forma e peso. Ou eles próprios têm vergonha de seus corpos ou estão preocupados com o fato de seus filhos serem estigmatizados. No entanto, os pais devem mostrar para seus filhos que existe uma variedade de tamanhos e tipos de corpos e não há problema nisso. 

Por fim, após os pais mudarem o foco sobre o tamanho do seu filho, recompense-o por um comportamento saudável. Desse modo, elogie seu filho por jogar futebol ou tomar um café da manhã nutritivo. No geral, é mais efetivo criar o ambiente mais saudável para toda a família.