Academia no condomínio: saiba como fazer o melhor uso

Academia no condomínio: saiba como fazer o melhor uso

Siga essas dicas para manter o ânimo e realizar corretamente os exercícios na academia do condomínio

Nada mais conveniente do que poder malhar na academia do condomínio. Além de muito prático, o fácil acesso pode ser um aliado contra à preguiça. Além disso, é muito cômodo para quem quer evitar o deslocamento e para aqueles que não gostam de treinar com muita gente. No entanto, o treino na academia do prédio também enfrenta alguns desafios.

Um deles é a falta de orientação. Sem saber exatamente como utilizar os equipamentos, a dosagem de peso e a quantidade de repetições necessárias, é possível que apareça o desânimo na hora de treinar. Mas como evitar que isso aconteça?

Para ajudar aqueles que pretendem aproveitar a academia do condomínio com eficiência e segurança, trouxemos algumas dicas do portal Hora do Treino. Confira:

Aparelhos antigos na academia do condomínio

Nas academias dos condomínios sempre há algumas máquinas que muitas vezes são multifuncionais. Ou seja, exercem várias funções em um só aparelho.

Nem sempre elas são boas, as antigas costumam ser as piores. Quase todas possuem um painel com orientações sobre como usá-las. Para entender melhor como funciona o movimento, a dica é procurar vídeos no YouTube pelos nomes dos exercícios.

Exercícios livres requerem atenção

É comum ter mais opções de exercícios livres nessas academias, devido ao espaço limitado. A boa noticia é que existem diversos exercícios que podem ser feitos com pesos livres. Porém, cuidado! Por serem livres, é necessário ter mais atenção no movimento e na postura. Alguns exemplos são: barra fixa, flexão de braço, agachamentos e abdominais.


Treine com orientação de um professor

Cada treino terá uma ordem, que dependerá do objetivo. Por isso, é importante ter a orientação de um professor para seguir a ordem correta. Normalmente, músculos grandes vêm antes dos músculos menores. Além disso, primeiro treina-se o peitoral para depois treinar o tríceps, e primeiro quádriceps para depois malhar os glúteos.

Saia da zona de conforto

Essa é uma questão importante. Por treinarem sozinhas, muitas pessoas treinam em intensidade confortável. É essencial fazer isso no início e em alguns momentos do treinamento. Porém, para obter os resultados desejados, é necessário treinar com cargas mais altas e/ou exercícios mais difíceis. Por isso, o ideal é sair da zona de conforto e sempre buscar ultrapassar os limites.

Ainda não conhece a PROTESTE? Clique aqui e entenda como ajudamos o consumidor a defender seus direitos.