Inhame é rico em carboidratos? Veja 4 benefícios do tubérculo

Inhame é rico em carboidratos? Veja 4 benefícios do tubérculo

Conheça os múltiplos benefícios para a saúde escondidos sob a modesta casca marrom do inhame

O inhame, um tubérculo presente em diversas receitas brasileiras, esconde em sua casca marrom e fibrosa uma riqueza de nutrientes que beneficiam o corpo de diversas maneiras. Embora a sua aparência modesta, o inhame oferece uma variedade de benefícios para a saúde, desde o auxílio na perda de peso até a prevenção de doenças.

Rico em carboidratos complexos e fibras solúveis, o inhame promove saciedade e controla os níveis de glicose no sangue, diminuindo a produção de insulina e, consequentemente, o acúmulo de gordura abdominal. Além disso, estudos científicos associam o consumo de inhame à redução da adiposidade e ao aumento da massa magra.

A vitamina A presente no inhame contribui para a hidratação da pele, combatendo o envelhecimento precoce. Essa vitamina retém líquidos e elimina os radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento celular. Pesquisas demonstram que produtos dermatológicos com propriedades do inhame auxiliam no tratamento de peles irritadas e na prevenção de rugas.

O inhame possui vitamina B6, essencial para a quebra da homocisteína, um aminoácido que danifica as paredes dos vasos sanguíneos e aumenta o risco de ataques cardíacos. O potássio, também presente no tubérculo, controla a frequência cardíaca e a pressão arterial, combatendo a hipertensão e os efeitos nocivos do sódio. Além disso, os fitosteróis do inhame bloqueiam a absorção de colesterol, promovendo a saúde cardiovascular.

Ele também atua na inibição do desenvolvimento de células cancerígenas, especialmente no caso do câncer de cólon. As fibras dietéticas do tubérculo impedem que compostos tóxicos de outros alimentos entrem em contato com a mucosa do cólon, reduzindo o risco da doença. A vitamina A, por sua vez, oferece proteção contra o câncer de pulmão e boca. As informações são do UOL.